Desemprego cai para 8,7% no terceiro trimestre, revela IBGE

A taxa de desemprego no trimestre encerrado em setembro foi de 8,7%, menor que a dos três meses anteriores, que havia ficado em 9,3%. A população ocupada cresceu 1% e chegou a 99 milhões e 300 mil pessoas. E as que estavam desocupadas somaram 9,5 milhões, o menor nível desde o trimestre terminado em dezembro de 2015.

As informações fazem parte da PNAD Contínua, que é a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio, divulgada nesta quinta-feira (27) pelo IBGE.

O número de empregados com carteira assinada cresceu 1,3% e chegou a 36 milhões e 300 mil pessoas no último trimestre. Os sem carteira também subiu, de 11 milhões e 700 mil para 13 milhões e 200 mil pessoas, o maior desde 2012.

A pesquisa destaca, também, que os trabalhadores domésticos passaram de 5 milhões e 300 mil para quase 6 milhões no ano. No setor público, o número de empregados bateu recorde e pulou de 11 milhões e 211 mil para mais de 12 milhões no ano.

E a força de trabalho, que inclui ocupados e desocupados, foi estimada em 108 milhões e 700 mil pessoas entre julho e setembro. Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, houve aumento de 2 milhões e 300 mil pessoas, o maior desde 2012.

Fonte: Agência Brasil – https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/economia/audio/2022-10/desemprego-cai-para-87-no-terceiro-trimestre-revela-ibge#:~:text=Publicado%20em%2027%2F10%2F2022,milh%C3%B5es%20e%20300%20mil%20pessoas

Fechar Menu