Transpoeste gera R$ 150 milhões em negócios para o transporte de cargas do Paraná

A segunda edição da Feira de Transportes e Negócios do Oeste Paranaense (Transpoeste) chegou ao fim após três dias de duração. Reunindo mais de 20 marcas expositoras no Centro de Convenções e Eventos de Cascavel, e contando com a presença dos principais integrantes do segmento, o evento gerou oportunidades e negócios para a região.

O tão aguardado retorno da feira aconteceu três anos depois da edição de estreia, em 2019. Após seu adiamento por conta da pandemia de covid-19, o evento marcou o reencontro do setor e contou com as inovações e tecnologias de maior destaque para o transporte.

“A segunda edição da Transpoeste foi o marco do retorno dos grandes eventos do transporte rodoviário de cargas, tendo mais uma vez Cascavel como palco. Foi motivo de imenso orgulho e alegria porque muitos negócios foram fechados aqui”, ressaltou Antonio Ruyz, presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística do Oeste do Paraná (Sintropar), entidade que realiza a feira.

“Estamos muito contentes por tudo o que aconteceu. Para nós do Sintropar, é uma realização muito grande porque houve muita dedicação. Estamos desde 2020 esperando para a segunda edição acontecer e fomos bastante assertivos na sua realização”, acrescentou.

No último dia de realização da Transpoeste, Antonio Ruyz visitou cada um dos estandes de expositores e entregou uma placa comemorativa de agradecimento. A participação dessas empresas, que são fundamentais para o segmento, permitiu que o evento se tornasse um sucesso e pudesse oportunizar negócios.

O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, prestigiou a feira e elogiou a realização da Transpoeste. “A feira é extraordinária. Essa segunda edição expressa o nosso DNA, a nossa produção, é aqui que o Brasil acontece”, destacou.

“Ter a feira aqui é muito importante. O evento aquece o setor de gastronomia e hotelaria, além da questão da geração de empregos. Quero agradecer a toda a diretoria que organiza. Cascavel e Oeste do Paraná são referência para o Brasil e temos muita força nesse segmento”, completou o prefeito.

Para o presidente da FETRANSPAR, Coronel Malucelli, a feira foi um grande feito para o transporte paranaense. “A TRANSPOESTE é a maior feira de transportes realizada em nosso estado. Fez milhões em negócios, aproximou pessoas e realizou trocas de informações entre os participantes de modo muito especial. Cascavel ganhou mais um evento importante para a região oeste”, pontua o presidente da entidade.

A Transpoeste surgiu com o intuito de se consolidar no setor do transporte rodoviário de cargas na região. A realização da segunda edição marca a consolidação do evento, que contou com a presença de em média 1.300 pessoas por dia, e oportunizou mais de R$ 150 milhões em negócios.

“Os valores são importantes, pois atingimos os objetivos mesmo estando em um momento delicado do Brasil, com o cenário de pós-pandemia, além dos altos custos no setor de transportes, o aumento dos combustíveis e dos impostos de maneira geral”, avaliou o presidente do Sintropar.

“Não podemos deixar de agradecer a todos os expositores que estiveram conosco. Que acreditaram que a feira seria um sucesso e que fecharam muitos negócios. E também de todos que nos visitaram, independentemente de terem ou não relação com o transporte. Contar com muitas pessoas aqui se reencontrando foi de uma imensa felicidade para nós da organização”, encerrou Ruyz.

Por conta do grande sucesso do evento, a terceira edição da Transpoeste já tem até data marcada. A feira acontecerá em março de 2024 e tem pretensões ainda maiores.

Fonte: NTC – https://www.portalntc.org.br/transpoeste-gera-r-150-milhoes-em-negocios-para-o-transporte-de-cargas-do-parana/

Fechar Menu