Projeto vai recuperar pontos impactados pelas obras da BR-319, ligação do Amazonas com o Brasil

Projeto vai recuperar pontos impactados pelas obras da BR-319, ligação do Amazonas com o Brasil

Com o objetivo de tornar a BR-319 um modelo mundial de preservação ambiental, o Governo Federal, através do Ministério da Infraestrutura, abriu licitação para escolher a empresa que vai elaborar o projeto de recuperação de áreas degradadas (PRAD) da rodovia. O projeto prevê ações de recuperação como o plantio de mais de 120 mil mudas, hidrossemeadura em mais de 1 milhão de metros quadrados, construção de diques para controle erosivo em mais de 1 mil metros quadrados, entre outras.

A rodovia possui mais de 800 quilômetros e é a única ligação rodoviária do Amazonas com Rondônia e o resto do Brasil. A ação atende às exigências do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para recuperação das áreas afetadas pelas obras e a recuperação do ecossistema local. O edital para contratação da empresa, por meio de pregão, foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (21).

Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), responsável pela escolha da empresa, as propostas já podem ser enviadas pelo site www.comprasnet.gov.br. A abertura das proposições recebidas será realizada no dia 2 de agosto de 2021, pelo mesmo site.

MODELO – O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, reforçou o objetivo de aliar pavimentação asfáltica com sustentabilidade ambiental. “Os trabalhos na BR-319 estão sendo feitos para reforçar o compromisso deste governo da junção do desenvolvimento em infraestrutura com a proteção ao meio ambiente”, afirmou.

Na década de 1970, a rodovia chegou a ser completamente asfaltada, mas, atualmente, apenas dois trechos estão pavimentados: os primeiros 198 quilômetros e os 164 quilômetros finais. A BR 319 também contará com 20 passagens de fauna aéreas e 12 subterrâneas com cercas direcionadas para garantir a preservação dos animais que cruzam a estrada.

FONTE: Ministério da Infraestrutura – https://www.gov.br/infraestrutura/pt-br/assuntos/noticias/projeto-vai-recuperar-pontos-impactados-pelas-obras-da-br-319-ligacao-do-amazonas-com-o-brasil

Fechar Menu