Operação padrão dos auditores discais da Receita Federal prejudica o TRC

O Sindifisco, entidade sindical nacional que representa o setor de auditores fiscais da Receita Federal, adotou nesta segunda a chamada “Operação Padrão”, o que significa na prática morosidade na liberação das mercadorias importadas ou para exportação.

Segundo a entidade citada, o motivo é o “descaso” do Governo Federal com este segmento de trabalhadores, esta conclusão está alicerçada no fato de que no orçamento da União Federal para 2022 existem profundos cortes nas verbas destinadas à Receita Federal do Brasil. Com isso concluíram que não terão reajuste salarial e não será respeitado um acordo salarial firmado em 2016.

Outro fato, digno de registro, é que o Governo Federal anunciou reajuste salarial para a categoria de policiais e demais membros ligados à segurança nacional e militares, o que com certeza está aguçando outros setores do funcionalismo público a pedirem equidade, embora somente os ligados à Receita Federal do Brasil é que se manifestaram.

A NTC&Logística está preocupada com o segmento de transporte rodoviário internacional de cargas (TRIC), pois com certeza esta tal “Operação Padrão” irá atrasar as operações, irá aumentar o tempo de espera dos motoristas profissionais, impactará negativamente na qualidade dos serviços e na rentabilidade, entre outros prejuízos. Por isso, a mesma está consultando as empresas, conversando com entidades coirmãs para que juntas possamos ajudar o segmento a mitigar o impacto negativo desta situação. Pois não é justo pagarmos por um problema que não criamos.

Por: Adauto Bentivegna Filho, assessor jurídico de assuntos internacionais da NTC&Logística.

FONTE: Portal NTC – https://www.portalntc.org.br/operacao-padrao-dos-auditores-fiscais-da-receita-federal-prejudica-o-trc/

Fechar Menu