DNIT avança com obras da Ponte sobre o Rio Araguaia, em Goiás

DNIT avança com obras da Ponte sobre o Rio Araguaia, em Goiás

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) avança com as obras de construção da Ponte sobre o Rio Araguaia, na BR-080. A ponte ligará o Estado de Goiás, desde o povoado de Luiz Alves, em São Miguel do Araguaia, ao município de Cocalinho, em Mato Grosso. O empreendimento será muito importante para o escoamento da produção, principalmente de grãos, e promoverá a integração dos pólos de desenvolvimento da região.

Atualmente, as equipes da Autarquia realizam a cravação das estacas na infraestrutura do trecho navegável da Ponte Estaiada sobre o rio. Além disso, produzem no Parque Industrial de Luiz Alves, onde o canteiro central das obras está localizado, as pré-lajes, vigas longarinas, vigotas e outros componentes pré-fabricados para a construção da ligação.

A previsão é que o serviço de cravação das estacas seja finalizado ainda este ano. Após a conclusão, o DNIT dará continuidade aos demais serviços de fundação, como a execução dos blocos de coroamento e dos pilares, e depois serão executados os trabalhos relativos à mesoestrutura e à superestrutura da ponte.

A ponte será do tipo estaiada, com uma extensão de 1,031 km. Haverá ainda implantação e pavimentação de dois acessos: na margem direita, do km 406,20 ao km 410,30, a partir do acesso ao povoado de Luiz Alves pela BR-080/GO, e na margem esquerda, do km 0,00 ao km 1,67, já no município de Cocalinho (MT), dando início à BR-080/MT. O investimento total da obra é de R$ 165.829.113,90 e a previsão para o término do contrato é fevereiro de 2023.

Importância – A Ponte sobre o Rio Araguaia deve viabilizar a formação de um importante corredor rodoviário para escoamento da produção agrícola da região, contribuindo para seu desenvolvimento socioeconômico, pois é mais uma etapa para a implantação do conjunto formado pelas rodovias BR-242/BR-080/MT/GO.

Quando concluída, a ligação dará o acesso em direção à Ferrovia Norte-Sul, que é a principal via de escoamento da região Centro-Oeste para os terminais portuários. Por isto a obra auxiliará sobremaneira o escoamento da produção.

A rodovia é uma rota importante para o agronegócio brasileiro e apresenta grande potencial turístico. As obras favorecem o desenvolvimento socioeconômico do Centro-Oeste e beneficiam outras regiões, como o Norte e o Nordeste do país, principalmente, no que se refere ao escoamento e o abastecimento do agronegócio.

Além de conforto e segurança aos usuários, o empreendimento proporcionará a ligação do Estado de Goiás com a região Norte do país, passando por Mato Grosso, em regiões consideradas como novas fronteiras para o desenvolvimento do agronegócio no Brasil.

Meio ambiente – Com o intuito de preservar o bioma Cerrado e a bacia hidrográfica do Rio Araguaia e evitar e/ou mitigar os impactos ambientais dessas importantes obras para a região e para todo o país, o DNIT executa programas ambientais e realiza a supervisão do empreendimento neste sentido. A Autarquia tem como um dos objetivos potencializar os efeitos positivos da obra, contribuindo com o desenvolvimento sustentável do país.

FONTE: DNIT – https://www.gov.br/dnit/pt-br/assuntos/noticias/dnit-avanca-com-obras-da-ponte-sobre-o-rio-araguaia-em-goias

Fechar Menu