Combustíveis comandam deflação brasileira em setembro

O IBGE divulgou uma prévia na última terça-feira (27) sobre a inflação. O IPCA-15 apontou que os preços dos combustíveis voltaram a ser responsáveis pela deflação no período de setembro.

Mais especificamente a gasolina caiu muito. Ela acumula recuo de 13,9% nos últimos 12 meses. Entretanto, o diesel segue pesando: +40% de aumento em 12 meses. Maior parte dessa alta do diesel foi no começo do ano.

Prova disso é que se pegarmos o recorte dos últimos 3 meses o diesel marca um recuo de 11,3% na bomba. Enquanto a gasolina tem queda de 34%.

Os cortes seguem efeito da limitação do ICMS sobre itens como gasolina, diesel e energia elétrica. Além disso, a Petrobrás tem promovido sucessivos cortes no preço da venda dos combustíveis acompanhando o preço do petróleo. O barril de que já chegou a custar US$ 140, hoje bate US$ 85.

TOP 20 itens que mais caíram em setembro segundo IPCA-15

Fonte: Frota&cia – https://www.frotacia.com.br/combustiveis-comandam-deflacao-brasileira-em-setembro/

Fechar Menu