Alta da Selic em 2023 passa a ser uma possibilidade concreta, diz Schwartsman

Em um evento nesta quarta-feira (23), 17º SIAC, Alexandre Schwartsman, ex-diretor da área internacional do Banco Central e especialista da CNN Brasil, falou como a atividade econômica e inflacionária mudaram o cenário nacional, que era de expectativa de queda de juros no segundo semestre de 2023.

Ele explicou como as discussões e indefinições acerca da PEC do Estouro impactam nas políticas fiscais. Segundo ele, a queda da taxa de juros que era esperada, mudou por conta dos últimos desenvolvimentos fiscais. “Ao contrário do freio monetário, vem aí um acelerador fiscal de grandes proporções. O risco de que o Banco Central persista por um período mais longo com a taxas atuais, ou elevar os juros, passa ser uma possibilidade concreta”, afirma.

O Brasil fez um aperto monetário considerável, lembrou Schwartsman. “Saímos de taxas negativas de juros real no começo de 2021 para taxas positivas, na tentativa de trazer a inflação de volta para a meta”.

O economista falou que os analistas estavam esperando uma melhora nas taxas de juros no primeiro semestre de 2023 abaixo dos 14% e, no segundo semestre, girando em torno dos 12,5%.

De acordo com Schwartsman, o consenso do mercado na projeção de alta do PIB para 2022 está na casa dos 2,5% a 3%, o que é maior do que esperado. Porém, essas previsões otimistas vêm acompanhado por uma revisão para baixa do crescimento esperado para 2023.

“Essa revisão não acontece por acaso, pois está muito ligada ao desenvolvimento da inflação no Brasil”.

Schwartsman mostra que o Brasil teve uma inflação que superou os 12%, mas teve uma virada rápida. Porém, essa queda se resulta pela redução do ICMS, causando queda nos preços dos combustíveis e energia.

“Quando se olha para medidas de inflação que são menos sujeitas a esse tipo de manipulação, ela ainda está alta e a queda que foi vista nos últimos meses, não é acompanhada na mesma proporção”, explica.

Fonte: CNN – https://www.cnnbrasil.com.br/business/alta-da-selic-em-2023-passa-a-ser-uma-possibilidade-concreta-diz-schwartsman/

Fechar Menu