Indústria de implementos rodoviários apresenta recuperação de 48,65%

Indústria de implementos rodoviários apresenta recuperação de 48,65%

A indústria de implementos rodoviários entrega, de janeiro a julho, volume 48,65% superior ao mesmo período de 2020. No total, foram 91.943 produtos emplacados, sendo 67.442 ao agronegócio e à construção civil. Especificamente, 51.860 a um e 15.582 ao outro, nessa ordem. Os dados são da Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (ANFIR).

No segmento Pesado, a curva também foi positiva com um volume total de 53.103 emplacamentos, que representa 57,06% a mais em comparação com 2020. No ano passado, esse volume foi de 33.936.

Já no segmento Leve, a recuperação foi de 38,43%, que representa um volume de 38.642 unidades emplacadas, contra 27.914 em 2020.

“Agronegócio e construção civil são nossos maiores clientes e foram os primeiros setores da economia a mostrarem sinais de recuperação”, explica Spricigo, presidente da ANFIR, que completa: “como um dos termômetros da economia, ao lado do papel ondulado e do caminhão, nosso setor tem refletido esse momento favorável aos negócios”.

O implementos ligados ao agronegócio são Graneleiro, Canavieiro, Dolly, Transporte de Toras, Bau Frigorífico e Basculante, entre os Reboques e Semirreboques; e Bau Frigorífico, no segmento de Carroceria sobre Chassis.

No mercado de construção civil, os produtos que atendem a demanda são Tanque Carbono, Carrega Tudo e Carga Geral e na linha Leve Betoneira e Basculante.

FONTE: Frota&cia – https://www.frotacia.com.br/industria-de-implementos-rodoviarios-apresenta-recuperacao-de-4865/

Fechar Menu