ANTT aprova novo Plano de Gestão de Logística Sustentável

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou, na terça-feira (26/7), o Plano de Gestão de Logística Sustentável (PLS). O PLS visa instituir boas práticas de sustentabilidade em vários eixos de atuação, com o cumprimento de ações, metas, prazos de execução e mecanismos de monitoramento e avaliação.

O PLS foi instituído inicialmente na ANTT por meio da Deliberação nº 109/DG, de 29 de maio de 2013, em atendimento à Instrução Normativa nº 10, de 12 de novembro de 2012/SLTI e ao Decreto nº 7.746, de 5 de junho de 2012.

Porém, após a pandemia, com as mudanças ocorridas na estrutura interna da agência, o texto passou por adequações para assegurar a eficiência na execução dos planos, tendo o novo plano aprovado pela Portaria DG nº 422, de 26 de julho de 2022.

As tarefas contemplam atividades voltadas ao aproveitamento de recursos naturais e bens materiais, além da conscientização do público interno para manter o controle nas compras e contratações, bem como referente à limitação de procedimentos referentes ao deslocamento de pessoal.

Uma comissão gestora trabalha para trazer as ações às unidades responsáveis. Para isso, a Gerência de Recursos Logísticos (Gelog) desenvolve planos relativos a todo o processo sustentável dos materiais de consumo, energia elétrica, água e esgoto, coleta seletiva solidária e deslocamento de pessoal.

A Gerência de Licitações e Contratos (Gelic) cuida das atividades relativas a compras e contratações sustentáveis, e a Gerência de Gestão Estratégica de Pessoal (Gespe) desenvolve ações voltadas à conscientização e qualidade de vida no trabalho.

Nas regionais, as Coordenações de Apoio Logístico participam do desenvolvimento das atividades relativas aos eixos temáticos do PLS. Com os resultados obtidos por avaliação técnica, novos planos de ação e melhoria deverão ser desenvolvidos.

Sede em Brasília – Decisões sustentáveis acompanham a ANTT desde a escolha do projeto do edifício-sede, localizado em Brasília. Com arquitetura desenvolvida para o aproveitamento de recursos naturais como água, ar e iluminação. Tais medidas ganharam a certificação “LEED GOLD”, (Leadership in Energy and Environmental Design).

O edifício conta com um sistema de condicionamento de ar que atende às taxas de renovação exigidas pelas normas brasileiras. Os elevadores funcionam de forma inteligente e em modo stand-by, o que garante a redução do consumo de energia. Já na garagem, 50% da iluminação e 100% da ventilação são naturais e o controle de iluminação dos pavimentos é automatizada.

Fonte: ANTT – https://www.gov.br/antt/pt-br/assuntos/ultimas-noticias/antt-aprova-novo-plano-de-gestao-de-logistica-sustentavel

Fechar Menu