IPR/DNIT publica Anuário 2020 reunindo atividades realizadas ao longo do ano

IPR/DNIT publica Anuário 2020 reunindo atividades realizadas ao longo do ano

As principais atividades realizadas ao longo de 2020 pelo Instituto de Pesquisas em Transporte, do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (IPR/DNIT), estão reunidas no Anuário 2020. O objetivo da retrospectiva, que passa a ser publicada anualmente, é reforçar a importância da realização de estudos e pesquisas, o estabelecimento de normas e de padrões, bem como a capacitação do corpo técnico para o melhor desenvolvimento das atividades do DNIT, contribuindo para o cumprimento de sua missão institucional.

O Anuário enumera as parcerias realizadas em 2020 com as universidades de Brasília, do Ceará, de Santa Catarina e de Viçosa, descrevendo as pesquisas em andamento, suas metas e o corpo docente envolvido. Com a UnB, por exemplo, o objetivo é o aprimoramento e consolidação do método mecanístico-empírico de dimensionamento para pavimentos rodoviários flexíveis (MeDiNa) e inclui também outros estudos complementares.

A publicação informa ainda que em 2020 foram publicadas 11 normas e 2 manuais para atualização do acervo do IPR, mencionando cada uma delas. Trata também dos 11 cursos de capacitação realizados ao longo do ano. Desde sua criação, o IPR já capacitou 13.678 profissionais do DNIT em todo o país.

O Anuário traz ainda um breve histórico do Instituto, seu regimento, organograma e composição do corpo técnico.

IPR

Há mais de 60 anos o IPR promove um conjunto de estratégias e ações visando o desenvolvimento tecnológico na área de infraestrutura rodoviária e ferroviária, baseado no Ciclo do Desenvolvimento Tecnológico, englobando a realização de estudos e pesquisas, a elaboração/atualização de normas, manuais e documentos técnicos e a transferência de tecnologia. O Instituto está subordinado à Diretoria de Planejamento e Pesquisa (DPP), uma das sete diretorias do DNIT.

O Instituto se encontra em processo de remodelagem e reestruturação desde 2019, quando foi transferido do Rio de Janeiro para o DNIT/SEDE, em Brasília. Com a aprovação do regimento interno, por meio da Resolução nº 39, de 17 de novembro de 2020, o IPR ampliou sua área de atuação, incorporando o modal de transporte ferroviário.

Essas e outras informações você encontra no Anuário 2020, disponibilizado neste link.

FONTE: DNIT    

Fechar Menu