DNIT entrega a revitalização de mais um trecho ao longo da BR-267/MS

DNIT entrega a revitalização de mais um trecho ao longo da BR-267/MS

Ótima notícia para o Estado do Mato Grosso do Sul. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes concluiu, nesta quinta-feira (24), a revitalização de 15 quilômetros ao longo da BR-267/MS. As obras fazem parte de um contrato de manutenção rodoviária e os técnicos da Autarquia realizaram a aplicação de micro revestimento no pavimento, após a execução de reparos superficiais e profundos na rodovia federal.

Com um investimento nesse trecho liberado de aproximadamente R$ 2.400.000,00, o empreendimento está localizado do km 507 ao km 517,5 e do km 521 ao km 525,5, entre os municípios de Jardim e Alto Caracol.

Com essa entrega, nos últimos dois meses, o Governo Federal finalizou 30 quilômetros de pista recuperada na BR-267/MS. Isso porque em maio, o DNIT concluiu outro trecho de 15 quilômetros na rodovia federal: do km 169 ao Km 174; do km 176 ao km 183; e, por fim, do km 201,5 ao km 205,5.

A BR-267/MS consiste em uma rodovia federal transversal, que se inicia no Mato Grosso do Sul, na divisa com São Paulo, no início da ponte sobre o rio Paraná (Ponte Maurício Joppert) e termina na fronteira do Brasil com o Paraguai, em Porto Murtinho (MS).

Estando totalmente implantada, a rodovia se torna uma importante rota de ligação do Mato Grosso do Sul ao litoral sudeste brasileiro. Também assume importância devido aos entroncamentos com rodovias federais importantes como, por exemplo, a BR-163, a BR-060 entre outras. Além de relevantes rodovias estaduais do Mato Grosso do Sul.

Rota Bioceânica – A cidade de Porto Murtinho é o local onde, por meio do acordo Binacional entre Brasil e Paraguai, existe estudos de implantação da Ponte Internacional sobre o Rio Paraguai. O empreendimento, implantado, tem o intuito de promover a Rota Bioceânica, que ligará Brasil, Paraguai, Argentina e Chile.

FONTE: DNIT – https://www.gov.br/dnit/pt-br/assuntos/noticias/dnit-entrega-a-revitalizacao-de-mais-um-trecho-ao-longo-da-br-267-ms

Fechar Menu