CNT solicita inclusão dos profissionais do transporte no grupo prioritário da campanha da influenza 2021

CNT solicita inclusão dos profissionais do transporte no grupo prioritário da campanha da influenza 2021

O presidente da CNT (Confederação Nacional do Transporte) e dos conselhos nacionais do SEST e do SENAT, Vander Costa, encaminhou ofício ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, solicitando que os profissionais de todos os segmentos de transporte (rodoviário, ferroviário, aéreo, navegação e portuário), de cargas e de passageiros, sejam considerados público prioritário na campanha de vacinação contra o vírus da influenza, causador da gripe.

No ofício, a CNT salienta que o objetivo é proteger a população contra as formas mais graves de influenza e diminuir a cadeia de transmissões dessa doença respiratória, uma vez que – sejam nos ares, portos, estradas ou vias urbanas – esses profissionais são fundamentais para o funcionamento do país.

Vander Costa também colocou as 157 unidades operacionais do SEST SENAT em todo o Brasil à disposição para aplicação das vacinas tão logo elas sejam disponibilizadas pelo Ministério da Saúde.

Veja aqui o ofício enviado pelo presidente Vander Costa ao governo federal

FONTE: CNT          

Fechar Menu